Produção audiovisual lapeana se destaca no Festival Curta Pinhais

Curta metragem produzido por lapeanos, intitulado “Coincidências”, foi selecionado para a mostra competitiva do Festival Curta Pinhais 2013, que aconteceu de 13 a 19 de abril, na cidade da região metropolitana de Curitiba.

O Festival está em sua segunda edição e o curta “Coincidências” foi selecionado entre mais de 40 inscritos, sendo que participou da competição junto com outros 14 curtas, entre eles três trabalhos de conclusão de curso de Cinema do Centro Europeu.

O curta lapeano foi realizado no ano de 2012 e levou praticamente o ano todo para ser produzido, entre período de pré-produção, produção e pós produção. O “Coincidências” nasceu de um roteiro escrito por Leandro Cordeiro, que tinha intenção de mostrar, como o nome já diz, as coincidências que acontecem na vida das pessoas. “Uma simples coisa que acontece agora pode mudar completamente nosso futuro”, explica o lapeano. O filme conta a história de Lia que, após ser hospitalizada, percebe que poderia ter um destino muito pior. Como se trata de um curta metragem, o foco está em fazer o público sentir a emoção que se passa no enredo e não tanto possuir um roteiro longo.

Segundo Leandro, a produção foi totalmente local, gravada inteiramente por lapeanos. A fotografia ficou sob responsabilidade de Lucas Fávaro, direção de Leandro Cordeiro e atuações de Heluiza Ramin Sarnik , Luiz Fernando Martins e Nádia Burda.

Como trata-se de uma produção independente, o valor gasto para realização não foi alto. Ao todo, o curta teve orçamento de R$ 400, sendo que deste valor metade foi subsidiado pelo Instituto Borges da Silveira.  A outra metade foi custeada pela própria equipe.

O filme feito pelos lapeanos concorreu no dia 15 de abril, terça-feira, com os seguintes filmes: A Bala – de Gustavo Souza; A casa da Rua 13 – de Lucas Aragão; A galinha ou EU – de Denizia Moresqui; A Menina da Mata – Juliana Magali Biz; Continue? – de Leonardo Goulart; Grito Escrito – Willian Germano Rodrigues; e O Monstro do Joaquina – Hugo / Murilo.