O trabalho do Veterinário em uma instituição de extensão rural

Aparecido Passarelli trabalha no Instituto EMATER desde 1984.

Dentre as diversas categorias profissionais que atuam no Instituto EMATER, está a do médico veterinário. O Instituto tem como missão promover o desenvolvimento rural sustentável, coordenando, articulando e executando assistência técnica e extensão rural em benefício da sociedade paranaense.
Diversos programas e políticas públicas são executadas pela Emater voltados às organizações rurais, à dinamização das economias locais, contribuindo para o aumento da produção e renda dos agricultores.

Programas como o do Trator Solidário, Leite das Crianças, Plante Seu Futuro, Microbacias, Aquisição de Alimentos para Alimentação Escolar, Bovinocultura de Leite e outros, fazem parte do portfólio de ações desenvolvidas pelo Instituto EMATER na Lapa.

Quando se fala em bovinocultura de leite, se fala em vaca; que é um animal ruminante, portanto a base de sua alimentação é o pasto verde. Na produção de leite a pasto, grande parte da alimentação das vacas, e em casos especiais na sua totalidade, provém da busca de forragem verde pelos próprios animais a campo, cultivado com pastagens de excelente qualidade no sistema rotacionado, divisões das parcelas com cerca elétrica e permanência de 1 a 3 dias em cada uma delas, previamente dimensionadas, de acordo com a capacidade de suporte e tamanho das pastagens.

Dessa forma é possível obter-se leite de alta qualidade, com custos reduzido e menor uso de medicação, especialmente no combate aos parasitas.
Levar as informações aos produtores para que tomem a decisão mais acertada na sua tomada de decisão quanto aos riscos e incertezas das atividades que desenvolve ou pretende desenvolver, fazem parte da rotina do extensionista.

O VETERINÁRIO

Esta coluna é uma iniciativa do Núcleo dos Médicos Veterinários da Lapa e tem por objetivo mostrar a abrangência do trabalho do veterinário, assim como as áreas de atuação do profissional.

Quem escreve nesta edição é Aparecido Passarelli. Graduado em Ciências Biológicas pela Fundação Educacional Miguel Mofarrej, de Ourinhos – SP, e em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual de Londrina, trabalha no Instituto EMATER desde 1984, tendo iniciado suas atividades profissionais extensionistas em Arapoti.

Antes de começar a trabalhar na área da extensão rural, atuou como professor na rede estadual de ensino, área das ciências Biológicas, por um período de sete anos.

Em 1989 foi para a Unidade Regional da EMATER de Lapa, onde trabalhou até 2002; após, trabalhou em Pitanga e Balsa Nova. Em 2005 retornou à Lapa para trabalhar na Secretaria Municipal de Agricultura. Em 2007, voltou para a Emater, atuando desde então na unidade municipal da Lapa.