Gripe: vacinação segue até 26 de maio

Imunização é essencial para prevenir contra a doença.

Até agora 2 milhões de pessoas foram imunizadas no Paraná. Meta da Secretaria de Estado da Saúde é atingir 90% da população.

O número foi divulgado na segunda-feira, 15 de maio, pela Secretaria de Estado da Saúde e inclui o balanço do Dia D de vacinação contra a doença, realizado no sábado, 13, nos 399 municípios paranaenses.

“A imunização é essencial para nos prevenir contra a gripe. Nossa meta é imunizar 90% da população que faz parte dos grupos de risco. O paranaense precisa ter a consciência de que deve ir às unidades de saúde e receber a dose da vacina para que possamos vencer esta luta”, ressaltou secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto.

As pouco mais de dois milhões de doses aplicadas representam cerca de 68% do público-alvo. Destes, mulheres com até 45 dias após o parto (puérperas) e idosos são os que mais receberam a vacina – 80% e 78%, respectivamente. Entretanto, as crianças ainda detém os menores índices de imunização, com apenas 49% do total.

“Os pais precisam levar seus filhos para receber a dose da vacina. É dever deles para com as crianças e para com a sociedade. Deixar uma criança sem a vacinação é um risco a ela e a todos”, destacou João Luís Crivellaro, coordenador estadual de Imunização.

A campanha de vacinação vai até 26 de maio. Fazem parte do público-alvo crianças de seis meses a quatro anos, gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, idosos, indígenas e portadores de doenças crônicas (conforme prescrição médica).

NA LAPA

Na Lapa, até sábado, 46% do público-alvo ainda não havia se vacinado contra a gripe.

Já haviam sido imunizadas 40,11% das crianças, 81,12% dos trabalhadores de saúde, 34,52% das gestantes, 64,56% das puérperas e 56,69% dos idosos, perfazendo uma média parcial de 53,8% do público-alvo total.