Munícipe clama por mais segurança em Contenda

Durante a Sessão, também foi aprovado projeto de crédito adicional para pavimentação das Ruas Casemiro Sszczypior e Amazonas.

Utilizando a tribuna livre, na Sessão da Câmara, Eloi André Trazskos questionou os vereadores sobre as medidas tomadas pelo poder público diante do aumento de assaltos no município.

Na segunda-feira, 5 de junho, a Câmara Municipal de Contenda realizou a sua 18ª Sessão Ordinária, com a presença de todos os vereadores. Os trabalhos seguiram normalmente conforme previsto no Regimento Interno. Expedientes recebidos e expedidos foram apresentados.

Na Ordem do Dia foi incluído para votação sob regime de urgência o Projeto nº 016/2017, que autoriza o Executivo Municipal a efetuar a Abertura de Crédito Adicional Suplementar no valor de R$ 1.500.000,00 no Orçamento do Município de Contenda para o Exercício de 2017 (através desde crédito adicional, as Ruas Casemiro Sszczypior e Amazonas serão contempladas com pavimentação asfáltica). O projeto foi aprovado por oito votos. Também foi discutido e aprovado em segunda votação o Projeto de Lei nº 014/2017 do Poder Executivo, que autoriza a Abertura de Crédito Adicional Especial para incluir elementos de despesa, no valor de R$ 116.034,69, no orçamento do Município. E, por fim, foram votados e aprovados cinco Requerimentos que têm por objetivo buscar informações de órgãos externos.

Inscreveu-se antecipadamente para fazer uso da tribuna livre, Eloi André Trazskos, que questionou os vereadores sobre as ações que estão sendo tomadas pelo poder público diante do aumento de assaltos no munícipio. Disse estar indignado diante de tanta coisa que está faltando no município e tanta coisa que poderia ser melhorada. Finalizando, criticou a nomeação de assessores parlamentares.

As Sessões seguem a ordem disposta no Regimento Interno da Casa e, quanto ao uso da tribuna livre, as pessoas que desejam se pronunciar devem se inscrever com antecedência de 48 horas da data reservada para a realização da Sessão Ordinária, devendo conter no referido requerimento o assunto a ser abordado, acompanhado de justificativa. Os assuntos para exposição devem ser de interesse público.

Posteriormente, os Vereadores, fazendo o uso da tribuna, trouxeram, cada um, o seu posicionamento quanto aos questionamentos de Elói, sendo citado que o esforço por melhorias na questão segurança é constante por parte do Poder Legislativo, com encaminhamentos de ofícios aos responsáveis, pedidos de apoio aos deputados e demais autoridades, bem como a reestruturação do CONSEG – Conselho Comunitário de Segurança do município de Contenda, objeto de várias reuniões realizadas pelo Vereador Silvio, resultando na audiência pública realizada no dia 16 de março, com participação expressiva da comunidade, oportunidade que contou com a presença de autoridades de diversas esferas, que puderam expor os objetivos para melhorias na segurança.

Foi questionado o porquê da não implantação da guarda municipal na cidade, sendo esclarecido que o investimento em pessoal e equipamentos é bastante alto, levando em consideração o orçamento do município de Contenda. Mas que certamente o pedido será refeito junto ao Poder Executivo para análise da possibilidade da criação e implantação da guarda municipal.