Dinâmico apresenta evento “Lapa FelizCidade 248 anos”

Diversas apresentações levaram ao público um pouco do que as obras registram sobre a Lapa.

Professora de língua portuguesa utilizou obras de literatura locais para trabalhar a cultura, costumes, histórias e culinária da cidade com estudantes. Apresentações aconteceram na noite de segunda-feira.

Vídeo feito com Dona Ana Balbina foi apresentado aos pais dos alunos, durante o evento.

Na noite de segunda-feira, 12 de junho, o Colégio Dinâmico realizou evento na Waake Lounge para apresentar o projeto “Lapa FelizCidade 248 anos”. De iniciativa da professora de língua portuguesa e literatura, Mari Rocha, as atividades realizadas com os alunos da instituição visaram comemorar os 15 anos da escola e o aniversário do município.

Para isso, a professora utilizou como base livros de autoria de Valeria Borges da Silveira e organizados pela Associação Literária Lapeana (ALL). As obras foram lidas em sala de aula, mas também foram transformadas em atividades homenageando a cidade. “Apesar de a maioria dos alunos serem moradores da Lapa, nem todos têm conhecimento do que foi divulgado nesses livros”, relata Mari.

O trabalho pautou-se nas obras: “Reticências” (poesias de Valeria Borges da Silveira);  “Cada conto um ponto”, “Saberes e Sabores” e “Lapa – Histórias que vi, vivi e ouvi” (organizados pela ALL).

As apresentações iniciaram com a história dos tropeiros, seguindo de declamação de poesias e trovas e dança gauchesca. Ainda, utilizando o livro “Saberes e Sabores”, os estudantes puderam colocar “a mão na massa” e reproduzir a culinária local, conhecendo mais dos costumes lapeanos. Alguns dos pratos foram feitos e colocados à mostra no evento. Mas, o ponto alto, sem dúvida, foi o fato de uma feliz coincidência ter ocorrido nesta atividade. O aluno Matheus Wille descobriu que sua avó, Ana Balbina Wille era uma das personagens do livro, com a receita da “Bolacha de Cavalinho”. Assim, os estudantes foram até a casa de Dona Ana Balbina para aprender com ela como fazer a saborosa receita. Gravaram um vídeo com as instruções e o assistiram, acompanhados da “mestre cuca”, diante do público, no evento.

Ainda na data, empresas que foram citadas nas obras puderam expor as suas atividades aos presentes. Estavam lá a Erva Mate Legendária, a Lapinha Spa, a Tribuna Regional, Lipski Restaurante, Metalúrgica Bosch e Panificadora Zeni.

Estas empresas foram citadas nas apresentações dos alunos, que expuseram as atividades desenvolvidas por cada uma delas. Assim, puderam conhecer de que forma os empreendimentos contribuem para o desenvolvimento local. Ao final das apresentações, as empresas presentes receberam homenagem do Colégio, através dos estudantes.

As atividades desenvolvidas pela professora Mari puderam levar às crianças o conhecimento da cultura e história local, utilizando obras feitas por lapeanos, valorizando o que é feito no município.