“Do cão fez-se o dia” será apresentado na Lapa

Espetáculo trata de dificuldades e tragédias da alma humana em um país em guerra.

Contando com apoio da Copel, grupo curitibano se apresenta no Theatro São João nos dias 6 e 7 de dezembro, às 20h.

Criado como resultado do estudo das obras do escritor português Valter Hugo Mãe, o espetáculo “Do cão fez-se o dia” trata de dificuldades e tragédias da alma humana em um país em guerra, buscando um canto de esperança em um contexto de conflitos.

Um garoto que encontra nos livros uma maneira de lidar com a dor, uma mãe e seu desespero, a partida do pai e o peso da ausência, e uma filha rejeitada cuja infância se molda devido à guerra, são alguns dos elementos da história contada com traços autobiográficos pelos atores Fabiane de Cezaro, Lucas Buchile, Rafael diLari e Lilyan de Souza, que também assina a direção.

Após receber três indicações ao 35º Troféu Gralha Azul (um dos maiores prêmios do teatro paranaense), a peça foi contemplada pelo Edital de circulação do PROFICE da Secretaria Estadual da Cultura do Estado do Paraná e, com apoio da Copel, já foi apresentada nos palcos de Pato Branco e Francisco Beltrão. Após passar pela Lapa, o grupo segue para União da Vitória, Castro, Rio Negro, Campo Mourão e Telêmaco Borba em 2018.

BATE-PAPO e RODA DE LEITURA

Logo após a apresentação do dia 6 (quarta-feira), os atores farão um bate-papo sobre o trabalho no teatro. Já na quinta, às 17h (antes do espetáculo), acontecerá uma roda de leitura das obras de Valter Hugo Mãe com o pessoal do grupo. Você está convidado!

Um garoto que encontra nos livros uma maneira de lidar com a dor.

SERVIÇO

O que: “Do cão fez-se o dia”

Onde: Theatro São João

Quando: 6 e 7 de dezembro, às 20h

Informações: www.facebook.com/InominavelCompanhia/