Dores no ombro e o diagnóstico rápido

Assim como as articulações, os músculos trabalham em equipe, assim, quando um músculo sofre alguma alteração da sua fisiologia normal, outros músculos também acabam sendo comprometidos.

Você tem dor no ombro? Existem diferentes razões para o surgimento dessas dores, que duram dias ou chegam a persistir por anos. O ombro é composto por estruturas responsáveis por sustentar a articulação em grandes amplitudes necessárias para nossas atividades diárias. As causas das dores estão na maioria das vezes relacionadas ao esforço, diminuições ou alterações de mobilidade, traumas ou até mesmo lesões antigas que não receberam os devidos cuidados, fazendo com que o quadro de dor se instale novamente. Todas essas causas podem causar inflamação, lesões em tendões, articulações e músculos.

A primeira parte do tratamento de uma dor no ombro é tratar a causa e não apenas os sintomas para que ocorra a melhora o mais rápido possível.

Assim como as articulações, os músculos trabalham em equipe, assim, quando um músculo sofre alguma alteração da sua fisiologia normal, outros músculos também acabam sendo comprometidos, sem nos esquecermos das articulações que trabalham em conjunto com o funcionamento do ombro, como a cervical (região das vértebras do pescoço).

Como consequência de todas as alterações, podem surgir bursites, tendinites, tendinoses e outras alterações patológicas que afetam o ombro.

Quanto mais cedo for feito o diagnóstico e iniciado o tratamento, mais rápida será a recuperação, fazendo assim, com que o paciente possa voltar as suas atividades, como prática esportiva, trabalho, ou até mesmo atividades de rotina, como limpar a casa ou poder voltar a aproveitar os momentos de descanso e com a família, sem se preocupar com a dor.

Lembre-se: Estar sem dor é qualidade de vida e sua saúde é seu bem mais precioso!