Lapeana representa Campo Largo em Portugal

A Bióloga Walquiria Menna é funcionária da Prefeitura do município e também Secretária Executiva do Grupo R-20 do Paraná. Ela participou de uma das mais importantes feiras de resíduos sólidos, ocorrida no final do ano passado.

A Bióloga Walquiria Menna, com recursos próprios, representou o município de Campo Largo no encontro que reuniu empresários, parlamentares, consultores, acadêmicos e gestores públicos de diversas cidades do Brasil na 5ª edição do Benchmarking Internacional Resíduos Sólidos Portugal.

Trata-se de uma das mais importantes feiras de resíduos sólidos, realizado no final do ano passado – entre os dias 02 e 08 de dezembro, reunindo gestores públicos e privados, ligados ao setor do saneamento ambiental e gestão de resíduos. Ao todo, 36 brasileiros participaram desta importante capacitação técnica.

Campo Largo foi muito bem representada pela Bióloga da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, Walquiria Menna Brusamolin – também Secretária Executiva do Grupo R-20 do Paraná, que, com recursos próprios, levou o nome de Campo Largo e do Paraná, para fora do país.

“Através de Workshops e visitas técnicas – com vistas à gestão e valorização dos resíduos sólidos urbanos e industriais, foi possível conhecer novos modelos de negócios, investimentos, financiamentos e regulação dos serviços de água e resíduos e infraestruturas de ponta”, explicou Walquiria.

Durante o encontro, o Secretário de Estado de Meio Ambiente de Portugal, Dr. Carlos Martins, apresentou a trajetória percorrida pelo país, que reconhecidamente tem servido de modelo para diversos países, inclusive o Brasil. Em cinco anos, Portugal zerou o número de lixões. Para isso, foi criado um modelo de gestão dos resíduos em fluxos, responsável por movimentar 5,4 bilhões de euros anualmente, além de gerar 64 mil empregos com a economia circular.

A quinta edição contou, ainda, com a presença da ex-ministra de Meio Ambiente de Portugal, Dulce Pássaro, também membro de vários comitês presididos pela Comissão da União Europeia e participante na elaboração e coordenação da implementação de toda a legislação nacional relativa a resíduos, nomeadamente o Plano Nacional de Resíduos e os Planos Estratégicos para a Gestão dos Resíduos Industriais e Hospitalares.

Para Walquiria, a quinta edição do Benchmarking Internacional Resíduos Sólidos Portugal já rendeu bons frutos. Isso porque a Bióloga foi nomeada para compor o Comitê de Licitações do Consórcio Intermunicipal para a Gestão de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana – que visa compartilhar custos de obras e ações relacionadas a gestão de resíduos. A introdução de tecnologias de triagem de resíduos sólidos urbanos antes do envio para o aterro sanitário, aumenta a vida útil deste e, através dos resíduos orgânicos, gera composto ou bioenergia.

Aproveitar os resíduos especiais e promover a inclusão social. Esta é a proposta do Programa Elos da Sustentabilidade, que beneficia catadores campo-larguenses e vem se tornando exemplo de gestão de resíduos sólidos para diversas cidades do Brasil.

Foi com o objetivo de conhecer de perto a metodologia aplicada no Programa – de coleta seletiva, logística reversa, compostagem e educação ambiental, que uma das participantes do Benchmarking Portugal, Valdirene Dias – da Geo Referência de Salvador, na Bahia, esteve em Campo Largo na quarta-feira, 10 de janeiro. Na oportunidade, Valdirene Dias falou com o vice-prefeito Maurício Rivabem e com a Coordenadora do Programa Elos da Sustentabilidade, Walquiria Menna.