Diego Ribas inicia o ano conquistando bons resultados

Em duas competições distintas, o ciclista lapeano iniciou a temporada com grande destaque. Um primeiro lugar e uma terceira colocação no currículo de 2018.

Iniciando mais uma temporada no ciclismo, o lapeano Diego Ribas Martins foi o grande destaque de duas competições distintas, mostrando que o ano de 2018 será de muitas conquistas para o atleta. Diego participou de uma prova no estilo Cross Country (uma modalidade geralmente praticada em terrenos acidentados, com montanhas, trilhos e rochas, oferecendo dificuldade extra aos praticantes), e outra competição de  Mountain Bike no estilo MTB, que é uma prova mais longa, por estradas de chão e muitas subidas íngremes.

COMPETIÇÕES

Como já era de se esperar, Diego brilhou nas duas provas. No dia 25 de fevereiro participou da sua primeira competição do ano, a Taça Brasil de MTB XCO. A prova de mountain bike no estilo Cross Country aconteceu em Campo Largo, na Estância Água da Serra, com um percurso de quatro voltas em uma pista rápida de 4.500 metros. Esta foi a primeira competição de bike do País e contou pontos para o ranking mundial da UCI (União Ciclista Internacional). Em uma pista muito técnica e exigente, em um dia de muito sol, o ciclista lapeano alcançou o primeiro lugar na categoria sub-30.

Dias depois, no dia 4 de março, em Campo Magro, Diego participou da “Copa Soul de Mountain Bike”. Esta prova tem o objetivo de despertar nas pessoas o interesse pela prática esportiva através do uso da bicicleta e os eventos são abertos para quaisquer pessoas. O propósito é levar o esporte ao alcance de todos criando um ambiente de interação entre cicloturistas, atletas amadores e profissionais. Correndo na categoria principal, na modalidade Pro 60KM, disputando a prova com atletas de ponta da região e enfrentando um percurso desafiador, o lapeano conquistou a 9ª colocação geral da prova, ficando em terceiro lugar em sua categoria de 18 a 29 anos.

“Foram duas provas muito difíceis para mim, com percursos variados, desde a prova longa de 60km e a mais curta no estilo Cross Country. Elas exigiram o máximo de mim. Mas estou muito feliz com os resultados alcançados, tudo isso fruto de muito trabalho e dedicação ao ciclismo”, relata Diego, que agradece seu treinador Robson Ferreira, a seus apoiadores (Equipe Manzatti Bike Motos, Go Treinos, Solifes, Jeca Bikes, Jornal A Tribuna Regional) e aos amigos e familiares que sempre estão na torcida por grandes resultados.

Na Copa Soul de Mountain Bike, o lapeano ficou em 3º lugar em sua categoria.