Colégio Agrícola recebe visita de alunos da rede municipal

Alunos do 'Manoel Pedro' reunidos com seus tutores, os alunos do 'Agrícola', após uma manhã de muita interação, descontração e aprendizado.

Projeto em andamento visa conscientizar crianças da importância dos solos para o ser humano e a necessidade de sua conservação.

Entre 2015 e 2016 o Centro Estadual de Ensino Agrícola da Lapa – CEEP-AL, mais conhecido por “Colégio Agrícola”, iniciou trabalhos no Projeto Solos na Escola, da UFPR. Neste período houve apenas a organização de material, e no início de 2017 começou a ser aplicado. O projeto ganhou corpo quando o SENAR lançou o seu programa Agrinho-Solos, que ainda em 2017 também foi incorporado ao projeto já em andamento.

No caso do Agrinho-Solos, o SENAR inclusive forneceu cinco premiações a nível estadual para os alunos dos colégios agrícolas envolvidos, e o CEEP-AL recebeu dois destes cinco prêmios.

Já no Projeto Solos na Escola, várias escolas de ensino fundamental da zona rural de nosso município visitaram o Colégio Agrícola, e estes jovens e crianças receberam instruções sobre a formação e as características dos solos, sua importância e necessidade de preservação.

Quem fornece estas instruções são justamente os alunos formandos no curso Ténico Agrícola, que desta forma recebem um incentivo para aprender mais sobre o tema, aprendem e praticam a arte de falar em público, e ainda confraternizam com os pequenos.

Neste ano o ciclo se reinicia, mas desta vez com uma ampliação: escolas da zona urbana também estão participando, além de alunos de 6º a 9º ano, tanto de escolas públicas quanto particulares. No dia 20, inclusive, foi a vez dos alunos de 5º ano da manhã da Escola Municipal Dr. Manoel Pedro, mas várias escolas ainda irão visitar o Agrícola durante o ano.

Na oportunidade, os pequenos, com idades variando entre 9 e 10 anos, foram recebidos pelos tutores, alunos já mais adultos, com idades entre 16 e 17 anos, que os levaram a um belo passeio pelas instalações do Colégio Agrícola.

Neste passeio, visitaram o laboratório de solos para observar aspectos mais conceituais; a horta, para verificar a interação solo-planta; alguns terraços, para entender como se comportam os perfis do solo e finalmente realizada uma dinâmica com os pequenos para verificar o quanto aprenderam.

Interessante que neste caso encontraram-se duas turmas de idades e perfis diferentes, mas com algumas semelhanças: ambos são formandos, tanto no Agrícola quanto no Manoel Pedro, portanto em breve irão iniciar uma nova fase em suas vidas. Outra semelhança é que ambas são turmas elogiadas em suas escolas, e como no próximo ano estarão em outros locais, sabemos que irão deixar saudades.

A tutora Anriele Aparecida de Lima explicando para os alunos Athos, kjdç, jkdjakç, kjaj, sobre o que é a erosão e como a cobertura existente pode ajudar a preservar os solos.