O PSB será o partido laranja do Ricardo Barros?

A dúvida que resta é saber se o presidente do PSB Paraná, vai aceitar ser o laranja nessa história

Em um jantar na noite de ontem, o deputado federal Ricardo Barros (PP) comemorou a briga entre Requião e Osmar Dias.

Brindou o sucesso, até aqui do seu acordo com Osmar.

Tudo segue como planejado.

Agora ele só precisa entregar o PSB como prometido para que Osmar Dias mantenha acesa a possibilidade de segundo turno no Paraná e Ricardo Barros, como historicamente tem feito, negocie o apoio da governadora Cida Borghetti a um dos candidatos.

A dúvida que resta é saber se o presidente do PSB Paraná, Severino Araújo vai aceitar ser o “laranja” nessa história.