Correspondências destruídas incomodam moradora

Documentos importantes foram deixados na chuva pelos Correios e moradora terá que arcar com os prejuízos.

Os Correios divulgam oportunamente pesquisas de satisfação nas quais se mostra uma realidade não vista nos principais mecanismos de defesa do consumidor. No site ReclameAQUI, ao buscar o nome da empresa recebemos 13997 reclamações. Destas, nenhuma sequer estava respondida. Isso é um exemplo do bom atendimento ao consumidor.

Em nossa região sempre tivemos um bom trabalho da empresa, porém, alguns deslizes podem ser considerados irresponsabilidade por sua parte. Na semana que se passou a leitora encontrou em seu terreno, jogado, um maço de correspondências. Segundo ela mostrou, eram certificados de RENAVAM, que estavam destruídos visto que ficaram na chuva. Eram documentos endereçados à moradora, mas não foram entregues da maneira certa e, para tirar uma segunda via dos mesmos terá que desembolsar no DETRAN quase duzentos reais. Procurado, o Correio informou que somente a ouvidoria da empresa poderia dar uma solução.

A moradora também comentou de um caso anterior, onde esperava um passaporte de seu neto para uma viagem de estudos. O documento foi extraviado e a resposta da empresa foi de que os veículos de transporte são muito saqueados no Rio e em São Paulo. Nenhuma solução foi encontrada. A cliente teve que se deslocar novamente, às suas expensas, a uma agência da polícia federal para registrar o sumiço do documento e providenciar um segundo.

Como a empresa não deu solução nem para um, nem para o outro caso, resta questionar o respeito que dedica aos seus clientes. Em breve os Correios serão privatizados, esperamos que, como no caso da telefonia, isso signifique progresso para os brasileiros.