TESTEMUNHO DA VERDADE

As boas obras depreendidas do mandamento de Deus – não dirás falso testemunho contra o teu próximo – têm por certo de que devemos temer e amar a Deus, que é a Verdade em Pessoa. Ele não quer que o povo seja mentiroso e nem seduzido pela mentira em Pessoa. É Deus quem ordena que não devemos desprezar, caluniar e nem difamar o/a nosso/a próximo/a, mas sim, desculpá-lo/a, falar bem dele/a e interpretar tudo da melhor maneira. No entanto, isto não significa que devemos ser indulgentes de quem está a serviço da Mentira.
Outro testemunho ainda maior da verdade, mediante o qual devemos lutar contra os maus espíritos, é que testemunhar a Verdade, tão somente a Ela, exige zelo pelo Evangelho da Graça e da Glória de Deus e da verdade da fé cristológica porque se os perdemos, ainda que sejamos impecáveis no testemunho da verdade – ainda que isto é impossível nesta vida –, perdemos a salvação eterna. Os maus espíritos não conseguem suportar o Evangelho da Graça e da Glória de Deus e nem sequer a fé cristológica. Por meio deles Deus expurga o diabo da vida das pessoas. Quando o Evangelho e a fé estão presentes no coração, na mente e no espírito de uma pessoa o testemunho falso é confessado como pecado, publicamente. A pessoa má se opõe e resiste a quem crê, ensina e confessa que a falsa fé gera o pobre povo seduzido e é uma ‘fabrica’ de testemunhas da mentira. Quanto a isto está escrito no Sl 82.4: “Resgatem o pobre do poder do injusto e ajudem o abandonado a manter sua justa causa.”
Em Igreja e Sociedade nada deveria ganhar mais atenção do que o ensino da Palavra de Deus. Mas, por inspiração da carne, do mundo e do diabo quase inexiste quem exige o ensino dos Mandamentos de Deus. A isto resiste o diabo, que é também o autor da vida meramente religiosa e do sedutor que muito fala em fé, Palavra de Deus, mas que tem língua pós-graduada em mentira. Aliás, quando o povo está ciente da abrangência do Testemunho da Verdade, ele nota a ausência de profetas e denuncia as profetadas. Se a Verdade de Deus não soa entre nós o diabo está e permanece descansando e ‘dormindo’. Por isso mesmo pela derrota do Evangelho, também derrotada está a fé em Jesus Cristo, e tudo anda como ele quer. Caso, porém, o Evangelho for (re)avivado e se fizer ouvir novamente, não resta dúvida que, por outro lado, o mundo inteiro se mexeria e agitaria, e a maior parte ‘dos/as nobres da terra’ tanto do estamento secular, quanto do espiritual, também. Tudo o que é graúdo e notável não se opôs aos profetas, às profetizas e aos/às servas do SENHOR? E, isto sem relacionar a vida e obra de Jesus Cristo sob a premissa da oposição corporal e espiritual.
O mundo, o diabo e a carne não podem e não querem suportar a Palavra de Deus, de verdade. Eles, sempre, intuem transformar o seu testemunho em Palavra de Deus. Isto se verifica, corporeamente, em Jesus Cristo, que foi e é o que há de maior e mais sublime, de mais querido e de melhor que Deus tem. Mesmo assim o mundo, o diabo e a carne não somente não Lhe tributaram ouvidos crentes, mas também, O perseguiram o mais terrivelmente possível com falso testemunho camuflado como se fosse uma ação que o próprio Deus aprova e recomenda. Por isso, como no tempo de Jesus Cristo, assim em todos os tempos e épocas há poucas pessoas que cooperam com o testemunho da Verdade divina. E, que colocam em jogo e arriscam o corpo, a vida, os bens, o prestígio e tudo o que têm. Triste.

Pastor Airton Hermann Loeve

Pastor Airton Hermann Loeve

Pastor Airton Hermann Loeve – Igreja Evangélica da Confissão Luterana no Brasil (IECLB) – Lapa/PR.
Entre em contato com Pastor Airton Hermann Loeve: pastor.air.ton@hotmail.com